As Irmãs Franciscanas do Senhor iniciaram uma nova missão na cidade de Presidente Dutra no Maranhão. Elas chegaram na cidade no último domingo (21/03) e foram recebidas com muita alegria pelo pároco Padre Sérgio e pelo bispo diocesano Dom Frei Rubival, OFMCap e pela comunidade da Paróquia São Francisco e São José Operário.

Na página do Facebook da paróquia, foi deixado a seguinte mensagem:

"Com os corações jubilosos de alegria e de gratidão a Deus, a Paróquia São Francisco e São José Operário em Pres. Dutra acolheu no último domingo dia 21 de março as Irmãs Fransciscanas do Senhor que estarão em missão na Paróquia. Durante a celebração o nosso Pe. Sérgio ressaltou a importância da chegada das novas irmãs e o seu carisma dentro do nosso meio eclesial e fraternal. Unidos em preces e Orações pedimos a Virgem Maria e ao nosso Pai glorioso São José que gere bons frutos e vocações nesta caminhada missionária. Lembremos as palavras do nosso sumo pontífice. "Ser Missionário é ser amor" (Papa Frascisco). Sejam Bem Vindas Irmãs Franciscanas do Senhor!!"
 
 
Sobre a Congregação

A Congregação das Irmãs Franciscanas do Senhor foi fundada pelo Frei Angélico Lipani em Caltanissetta na Sicília, Itália, em 15 de outubro de 1885, sob a inspiração da forma de vida franciscana, com a finalidade primária de santificar seus membros pela observância dos três conselhos evangélicos, mediante voto público e pela vida fraterna comunitária, segundo a “Regra e vida dos Irmãos e Irmãs da Ordem Terceira Regular de São Francisco” e as Constituições próprias da Congregação.

O Frei Angélico Lipani, numa visão profética, movido pelo amor de Cristo e pela compaixão para com os irmãos necessitados, espiritual e materialmente, fundou o Instituto das IRMÃS FRANCISCANAS DO SENHOR, reconhecido pela Igreja como um Instituto de Vida Consagrada, Apostólico e de Direito Pontifício.

A Congregação surge em um período de desastres nas minas de enxofre de Caltanisseta e da região. Em decorrência desses desastres muitas crianças ficaram órfãs, Frei Angélico e as irmãs as acolhem no Instituto Senhor da Cidade, fundado para essa finalidade, oferecendo não somente abrigo mas também cuidado e educação para crescerem em segurança.

Em 22 de maio de 1954, a Congregação chegou ao Brasil, desembarcando as primeiras religiosas no Rio de Janeiro, Irmãs Margarida Palermo, Liliana Desumma, Pierina, Virgínia e as Madres Annina Ragusa e Crescência, como pioneiras no país. A vinda das Irmãs deve-se ao convite, na época, do Frei Jorge de Módica. O primeiro lugar de missão no país, foi na obra social no Morro do Turano, atualmente Morro da Liberdade na cidade do Rio de Janeiro.

A partir daí foi-se expandindo e hoje se faz presente em 4 estados do Brasil e na Bolívia, atuando nas mais variadas frentes de missão e apostolado como escolas, casa de acolhida para menores em situação de risco, casas de repouso para idosos, hospital, pastoral, entre outras, a serviço da construção do Reino, com o carisma de “Ser Santas, vivendo o dom total de nós mesmas no amor, em fraternidade, seguindo Cristo no exercício da maternidade espiritual educativa”.

Conheça mais: Clique aqui